quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Mo Chara (25/07/07)

Tem aqule apessoa que é quase tão importante quanto sua mãe, sempre tem. Você sonha e-nada mais natural - te pergntam como ela está. Você não sabe.
Não faz nem idéia se ela ainda sobe em árvores e se derruba as pessoas no asfalto (na verdade, em qalquer lugar. No asfalto só era mais divertido, e só com você), se exulta de felicidade e pula nos amigos, se não tem vergonha de chorar.
Será que ainda joga gamão, mas perde pra outro? Provavelmente ainda bebe com o canto da boca, mas não tem mais o paraíso nos olhos. Não pra mim.
Acordo, aliviada. Quando percebo que sonho e realidade em nada diferem, chovem lembranças nos meus olhos.

Um comentário:

Johnnatan disse...

Que bom que veio se perder no Nenhum Caminho...


gostei do que vi por aqui...